quarta-feira, 22 de março de 2017

Sofrer de Amor já é uma sorte tremenda...


"Seja a pessoa que você gostaria de amar" ... a vida ia ser tão mais doce e agradável para cada um de nós se todos, sem nenhuma exceção, pensassem assim. Você gosta de ganhar flores? Mande flores para alguém. Você gosta da sua liberdade? Deixe o outro livre. Você gosta de receber atenção? Dê atenção. Nada mais perfeito que um carinho, um chamego? Seja o chamego de alguém. Você gosta de chocolates? Adoce a vida de alguém com vários deles. Você quer ser amada? Você quer ser amado? Distribua Amor, seja Amor para o outro.

Mas ao invés disso, eu preciso fingir que não sinto nada. Não sentir, não se apegar, não criar expectativas é que está na moda. Por que se o outro desconfiar por um segundo que você se interessou por ele a magia toda evapora no ar. Eu gostaria que alguém me explicasse qual a lógica de eu ter que fingir não sentir nada, se dentro de mim parece ter uma montanha russa maluca de tanto friozinho na barriga que dá quando eu ouço sua voz na mensagem do whatsapp?. Me diz qual é o sentido de não poder te ligar no outro dia para dizer o quanto o encontro passado foi bom?. Se foi bom mesmo?.

Eu ouvi uma pessoa uma vez falando "Sofrer de Amor já é uma sorte tremenda", e não conseguia entender porque a pessoa achava que sofrer já era uma sorte. E hoje, há algum tempo solteira e em busca do Amor eu entendo a frase perfeitamente. Está tão difícil encontrar o Amor no nosso dia a dia que a pessoa que o tem, ou que no caso o teve, mesmo que por pouco tempo já é sortuda. Se ela sofre de Amor é porque ela pôde pelo menos experimentar um pouco dele. Porque viver de solidão, e o pior, viver de mentiras e fingimentos é sofrer dobrado. Receber Amor nos dias de hoje é raro e quando eu vejo alguém realmente feliz com o Amor é gostoso demais, eu torço do fundo do meu coração que seja Eterno sim, enquanto dure.

Então não, eu me recuso a ter que ficar de joguinhos. Ter que perder horas ao lado do celular sem poder dizer o que eu sinto, mas esperando que o outro diga. Eu quero poder dizer que eu sinto saudade, porque eu to sentindo mesmo. Falar que eu vi um livro na estante do meu quarto e lembrei das nossas conversas naquele café. Quero sentar no barzinho e mandar um áudio de uma pessoa cantando e tocando violão e dizer que lembrei quando ele pegou o meu no chão do quarto e passou um tempão tentando afiná-lo até sair uma música, aquela música que estava escutando agora. Eu quero poder demonstrar tudo que está aqui batendo dentro do meu peito sem me preocupar com o "Será que ainda é cedo demais?".

E se a magia acabar?. Paciência, a gente vai levando, até encontrar uma pessoa tão corajosa quanto a gente que não tem medo de talvez sofrer de Amor, mas de nunca tê-lo.




Obs: a música é tema de um filme lindo!
Mesmo se nada der certo ou Can a song save your life?
Super indico. 

quarta-feira, 8 de março de 2017

Mulher


Que nada nem ninguém consiga tirar esse sorriso gostoso do seu rosto. E aquela pessoa importante te faça se sentir especial todos os dias da sua vida. Que os anos só aprimorem os abraços, os beijos, as rosas, os chocolates. E que a caminhada não seja tão árdua que precise descer do salto. E se precisar, que no caminho tenha flores para te alegrar.

Que você escute sua música preferida a caminho do trabalho. Ou consiga pegar seu filho nos braços, cantar e rodopiar olhando dentro de seus olhos. Que as aventuras nunca cheguem a acabar e se preciso for, apenas se transformar se adaptando a sua nova vida. Que você possa ser surpreendida com um jantar especial, um cinema especial, uma balada especial, um Amor gostoso especial.

Que a vida seja doce em sua maioria e que possa te mostrar todos os Dons guardados dentro dessa fortaleza. Que as lágrimas sejam de alegria e caso não seja, que não traga apenas sofrimento, mas ensinamentos. Espero que as pessoas sejam agradáveis, que te cumprimentem, que te abracem.

Que você receba a ligação de uma pessoa que a tempos não vê e que possam recordar momentos bons. E que haja intensidade, no acordar, no se dispor a trabalhar, na luta do dia a dia, no café sentados a mesa, nas mãos entrelaçadas, no beijo roubado.

E mesmo que ainda não tenha conquistado tudo o que gostaria, te desejo força para não parar no meio do caminho. Que você seja feliz, plenamente feliz e que essa felicidade possa fazer o próximo feliz também. Que você consiga ter dias somente para você, mas que sinta falta de estar com os outros.

Te desejo todo Amor que precisa para ser uma pessoa melhor, cada vez melhor. E sorrisos, porque não tem nada tão lindo quanto o sorriso no rosto de uma mulher. E força, muita força para enfrentar todas as suas batalhas, as nossas batalhas. E que você saiba o quanto é linda, porque a beleza vem de dentro e quando se tem o coração bonito tudo se torna lindo por fora.

Parabéns por mais um Dia, Mulher.    



quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Vamos tomar um café?


Júlia se arrependera de marcar um encontro ás oito horas da manhã assim que o celular despertou e ela levou um susto com a música que estava alta demais. Esfregou os olhos, olhou as horas e só queria mais cinco minutinhos debaixo daquele edredom. O que estava pensando? Oito horas da manhã e nem sabia se Ele de fato estaria lá mesmo. Ela não sabia se lá no fundo, esperava que Ele desmarcasse para ela descansar um pouquinho mais ou se era só uma forma de se proteger da decepção caso realmente acontecesse.

Entrou embaixo do chuveiro e tentou se lembrar do último encontro decente que tivera e para a sua surpresa não conseguiu. Ela estava trabalhando tanto naqueles últimos meses, se dedicando tanto a alcançar o que queria para o seu futuro que esqueceu um pouco do presente. Tinha conversado com uma amiga na noite anterior sobre o café despretensioso de hoje e logo veio o conselho, que por sinal vinha recebendo muito ultimamente.

_ Júlia, sem expectativas tá bom? Deixa rolar...

_ Sem expectativas, deixar rolar... Entendi.

E riu, as duas riram, porque apesar de sempre se aconselharem a não ter nenhuma expectativa a danada sempre vem e fica ali a espreita, esperando o momento certo para atacar. E elas sabiam que uma hora ou outra ela vinha e dava o bote. Como é que não se cria expectativas de qualquer coisa que você vai fazer na sua vida? A gente cria expectativa até com o pão do padeiro. 

Chegou no lugar combinado e pegou o celular para ligar e saber se Ele já estava chegando. Olhou para frente e Ele estava lá, sentado numa mesinha com um sorriso no rosto e um livro nas mãos. Ela parou a sua frente e aqueles olhos verdes sorriam ainda mais, levantou, se apresentou e a abraçou forte, daqueles abraços gostosos que fazem até valer a pena sair da cama tão cedo.

E começou a falar de sua vida e porque tinha ido parar ali, em outra cidade, longe dos pais e amigos, falava astutamente de como chegara sem nada, nem mesmo uma casa para morar, só com o apoio dos pais, pelos quais demonstrava sentir um carinho enorme, dava para sentir só de como ele falava. Lembrou do livro que estava em suas mãos, disse que lembrou dela e o entregou explicando porque ele achava que ela iria gostar do livro, que ganhou de uma pessoa que conheceu numa garage sale e que o fez prometer que não ficaria com os livros, mas que os passaria para frente assim que acabasse de ler. 

Ela observava cada pequeno detalhe enquanto ele falava. As mãos que não paravam de gesticular, o levantar da sobrancelha toda vez que ele olhava para ver se ela entendia o que ele estava falando, os sorrisos sem graças após cada assunto, o gosto peculiar pelo bolo de chocolate e morango ás oito da manhã, a forma educada de tratar as pessoas em volta. Até que ele parou e a olhou e sorriu e ela sentiu o golpe certeiro e desleal da velha expectativa.

Levantaram e foram caminhando lado a lado e ela pensava em como tinha sido tudo muito leve, em nenhum momento se sentiu desconfortável com Ele. Se despediram com outro abraço, mais forte ainda, e foi cada um para o seu lado. E ela ficou perdida, não tinha ideia do que esperar de tudo aquilo, não conseguiu decifrá-lo em nenhum momento. 

Chegou no trabalho, sentou em sua mesa e resolveu não pensar naquele encontro, sem expectativas, sem expectativas falava em sua mente. Até que o celular apitou na sua frente e viu o nome dele na tela. E começou a sorrir quando leu que ele esperava vê-la novamente e mesmo que ela não quisesse ia ser obrigada porque tinha que devolver o livro. E ela entendeu o que ele tinha feito e sorriu. E a danada da expectativa? tava lá batendo na porta outra vez.



    

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Happy Valentine's Day meu Amor


Se você já tivesse chegado, estaria sentindo agora um beijo meu daqueles que esquenta tudo, principalmente o coração. Sentiria o peso da minha mão nos seus cabelos fazendo um cafuné preguiçoso, carinhoso, sem pressa para acabar. Teria olho no olho e muitos, mas muitos sorrisos só para compensar o tanto que o seu sorriso derrete o meu e traz junto aquele friozinho na barriga gostoso.

Se você já estivesse ao meu lado eu teria te enchido de mil surpresinhas bonitinhas. Teria entrado nesses sites arrojados e encomendaria o seu personagem preferido da Marvel. E numa dessas lojas de cervejas artesanais teria escolhido um monte dessas bebidinhas bem bacanas, só para ter o prazer de sentar ao seu lado enquanto fingimos que cozinhamos e provamos uma ou duas ou até três.

Compraria um globo enorme, daqueles com todo o mundo de presente só para gente e marcaria com essas tintinhas coloridas todos os lugares que iríamos juntos, que nos amaríamos, que nos permitiríamos fazer todas as loucuras inimagináveis.

Escreveria uma das cartas mais bonitas pra falar do nosso Amor, para agradecer sua chegada naquele último minuto de fé, naquele último segundo que a gente começa a não acreditar mais. Dizer em alto e bom som com todas as minhas linhas tortas que se um dia eu talvez te fiz duvidar da minha admiração por você, perdão.

Apagaria todas as luzes da casa e acenderia mil velas só pra te esperar com um enorme frio na barriga que essa danada da expectativa sempre nos dá. No som a nossa música tocando, uma música só nossa, quem diria?! Um jantar a dois, com direito a um leve toque de mãos, uma sobremesa para saborear.

Ahhh se Você tivesse chegado ...   


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Acreditar ...


É difícil né? Pegar tudo aquilo que mais queremos, que mais desejamos e deixar nas mãos Dele. Abrir mão de estar no comando de tudo. Mas, depois que já fizemos o possível e o impossível e não se vê nada, nenhuma mudança. É aí, que você se dá conta que nem tudo depende somente da gente que ás vezes, algumas vezes devemos colocar o nosso joelhinho no chão e pedir. Muitas vezes implorar para que tudo dê certo, para que a vontade Dele coincida com a nossa vontade. 

Mas nem sempre coincide e a gente sofre e mesmo depois de rezar baixinho "que seja feita a sua vontade" caímos ao chão numa dor sufocante. A gente acredita não acreditando. A gente pede meio que dando as coordenadas. A gente luta mesmo prometendo esperar. 

Que difícil é essa danada da fé que diz que devemos confiar e acreditar, que devemos acreditar em livramentos, que devemos crer que ali mais na frente tem algo muito melhor. Que muitas das vezes tudo aquilo pelo que rezamos vem de uma forma totalmente diferente e mais bonita. E a gente escuta tanta gente falar sobre a espera ter terminado, vemos tantos olhos brilharem porque acreditaram.

E a gente deseja que aconteça com a gente também, porque a caminhada vai ficando mais difícil. A espera parece que vai afogando a gente e a gente tem certeza que não vai aguentar nem mais um dia, mas aguenta. E espera. E luta. E se ajoelha. E confia desconfiando mais uma vez.

Até que uma hora não sobra nada além de confiar. E o que dizem é que é Maravilhoso. Surpreendente. Que quando se confia de verdade, quando colocamos nossa Fé ou nosso "algo maior" ali, tudo de mais bonito acontece. "E aí, sabemos porque tudo lá atrás não deu realmente certo", não foi como nós queríamos que fosse.

E eu ainda to aqui, confiando desconfiando, tropeçando e aprendendo, esperando a minha hora de dizer isso também. Porque não somos nada perfeitos, mesmo sabendo o que devemos fazer precisamos de uma caminhada grande para Crer. Mas Ele sabe que mesmo nos caminhos mais tortos o meu Amor é infinito.

E quando for a hora Dele, quando for a minha hora eu vou estar aqui. Com um sorriso no rosto e uma prece nos lábios para agradecer por todos os caminhos que tive que passar, todas as lições que tive que aprender, mas que em nenhum momento deixei de Viver, um segundo se quer. Porque mesmo nas minhas desconfianças a Certeza que Ele sempre está comigo sempre foi muito maior.  


quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Diz pra Ela ...


Diz pra ela que a sua saudade tem o nome dela tatuado no meio do peito, que todas as noites mal dormidas carregavam o perfume doce que ela adorava usar para provocar. Diz que ta difícil continuar sem sentir o beijo dela na ponta dos seus dedos, aquela mordidinha no queixo, aqueles dedos longos passeando pelo seu cabelo. Diz pra ela que tá com vontade de dormir juntinho, de acordar com o calor do corpo dela, de olhar aquele rosto de traços fortes enquanto ela dormia. Diz.

Mostra pra ela que tá tudo diferente, que a dor veio com tanta força que mal conseguia respirar, que sufocava tanto que parecia que não ia aguentar. Mostra que hoje você vê toda essa história com uma perspectiva mais humilde, que sem ela tudo fica mais triste, sem cor, sem graça, sem paz. Mostra pra ela que a vida parece andar lentamente, quase que a parar, que os dias parecem anos e que tudo para quando você lembra daquele olhar.

Canta pra ela todas as músicas que ela adora, todas as canções que ela teimava em cantar no chuveiro, que a fazia balançar , que a fazia voar. Canta, porque como dizem, quem canta todos os males espanta e quem sabe assim ela se encanta e resolve voltar. Canta pra ela a canção mais bonita, aquela que arrepia até a pessoa mais fria, que faz qualquer coração disparar.

Olha pra ela com olhos que enxergam todos os mínimos detalhes, que notam cada simples mudança que consiga enxergar a mais leve esperança naquele seu andar. Olha aquelas ruguinhas que surgem com o sorriso, que moldam toda uma história, que mostram tantas batalhas que ela teve que enfrentar. Olha pra ela com seu olhar mais sincero e mais terno e tenta mais uma vez não a decepcionar.

Demonstra pra ela com gestos bem singelos a sua pretensão de ficar, de que nunca mais a irá magoar, que irá se esforçar pra que ela se sinta segura e também queira ficar. Demonstra todo esse amor que você guardou com medo de se expor, toda essa angústia que se instalou depois que ela se foi, todos os medos que passou ao pensar que nunca mais a teria nos braços.

Diz pra ela, mostra pra ela, canta pra ela, olha pra ela, demonstra pra ela todo o seu Amor.    





quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Você deixou Ela ir


Já era Cara, você perdeu uma grande mulher, deixou ela ir sem querer olhar para trás. Você tinha tudo ali, na sua frente e não deu o mínimo valor. Ela estava ali sorrindo para você, aquele sorriso que tira nosso fôlego, que acalma nosso coração, que faz a gente sorrir de volta, que faz a gente sorrir só de lembrar dele. Já era Cara, você deixou que essa luz que ela transmitia se apagasse, não têm mais sorrisos, não tem mais calmaria, não tem mais nada.

Você perdeu uma grande mulher, dessas que a gente quer conquistar tudo por ela, viver por ela, ser feliz por ela e fazer ela feliz também. Ela tem aquele andar que hipnotiza, que faz a gente gingar junto, um andar todo espirituoso, para cima, que faz a gente gingar outra vez. Um olhar penetrante, que quando encontra com o seu te faz arrepiar, que te faz perder o controle das pernas e do coração, faz ele bater tão rápido que parece que não vai sobreviver a esse infarto de emoções e mesmo assim a gente sustenta, sustenta esse olhar, não consegue desviar, não quer perder essa sensação por um minuto se quer.

Você perdeu Cara, perdeu aquele abraço aconchegante que te levava ao céu, aquele abraço gostoso aonde você se encontrava, aonde você conseguia se enxergar, que te direcionava, que clareava as ideias, que te deixava confortável e te fazia pensar ser o homem mais sortudo do mundo inteiro. Você perdeu as surpresas, ah e que deliciosas surpresas ela fazia. Não tinha dia ou hora certa, ela conseguia te surpreender sempre, na escada do prédio, na biblioteca, no escuro do cinema, no sofá da sala, no café da manhã, no almoço, na janta, na madrugada, toda hora era hora para se deliciar, para te surpreender, para te fazer ferver.

Ela se esforçou em tudo, quis ver o seu sorriso em tudo, viu o Amor em cada cena protagonizada pelos dois. Ela exalava Amor, só queria Amar e se sentir amada em troca. Mas não sentiu, e ela se doava cada vez mais e não adiantava, não sentia o Amor de volta, não sentia reciprocidade no olhar, no abraço apertado. Não recebia os sorrisos de volta, começou a não saber mais quem era, o que queria e o que poderia fazer para acabar com aquela situação.

Pegou as malas e foi embora, sem dizer nada porque palavras não conseguiriam traduzir seus sentimentos. Sentiu muito pouco, quase nada ao atravessar a porta, queria mais da vida, queria mais do Amor e não olhou em momento algum para trás. E foi quando você se deu conta, ao não achar nenhum rastro de que aquela mulher incrível tinha feito parte da sua vida, que ela não voltaria jamais. Já era Cara, você perdeu uma grande mulher.