segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Desafio 2017 - Muito Mais Cultura


Desde 2015 eu tento trazer sempre um Desafio para a vida de todos os leitores do Blog e 2017 não seria diferente. Demorou um pouquinho para sair, mas finalmente pensei em algo bacana. Queria que esse desafio viesse enriquecer a vida de vocês, que trouxesse mais conhecimento, diversão, boas risadas. Então pensei em unir Cultura e Literatura (não que um já não esteja inserido no outro).

Vocês já estão cansados de saber da minha paixão por livros e o quanto eu me esforço para que outras pessoas se apaixonem também, que elas sintam prazer com a leitura, que seja algo divertido e que elas possam viajar em cada palavra escrita ali, mas queria também que vocês tivessem mais curiosidade, que quisessem conhecer mais sobre a cultura da sua cidade.

Eu quero um Desafio que seja possível de se cumprir e que todos ganhem com isso. Logo, resolvi desafiá-los a lerem 1 livro por mês. O desafio será você encontrar o livro com a capa que eu descreverei logo abaixo. Doze livros, Doze capas diferentes que devem ser lidos no mês escolhido para eles. Quanto o muito mais cultura, será feito 1 desafio cultural também por mês.

Serão doze livros e doze desafios culturais. E é claro que eu quero acompanhar o Desafio com vocês, não só acompanhar, mas participar também. E como faremos isso? Usando o Instagram e suas Hashtags. Sempre que você cumprir o desafio, você irá postar no seu instagram e colocar as seguintes Hashtags #DesafioMuitoMaisCultura2017 #Desafio2017JuSemFiltro e podem me marcar também na foto de vocês. Assim poderemos ver o desafio um do outro.
Meu Instagram - @JuSemFiltro.

Obs: eu sei que o mês de Janeiro vai ser mais curtinho, mas vamos tentar?! Coloquei itens bem fáceis no número 1 da lista.

E aí?!. Estão prontos para mais um desafio?


   

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Ela queria começar a viver


E ela se sentiu cansada, fechou os olhos e tentou se concentrar, mas era um cansaço enorme, na alma, o que acabava se refletindo na mente, no corpo. Quis por um momento não estar mais ali, queria fugir mas não sabia para onde ir. Queria gritar, mas o que os outros iriam achar dessa reação desmedida?. Então fechou os olhos novamente e respirou fundo, mais uma vez e mais uma vez, abriu os olhos e não via nada, só um enorme vazio. E tentou segurar o choro, mas não conseguiu e desabou ali, na frente de todos, sem o menor pudor, chorava e soluçava e chorava mais.

As pessoas a olhavam e não entendiam, algumas paravam para saber se estava tudo bem. É evidente que não está tudo bem, mas ela assentia com a cabeça e mostrava um sorrisinho e voltava a chorar em seguida, não conseguia mais segurar. Ela segurou a vida inteira, ela assentiu e sorriu a vida inteira para todos, se sentia perdida, não sabia mais porque sorria, não sentia mais muita coisa e resolveu parar, ali.  

Foi para casa perdida em pensamentos, tentando entender, tentando se conhecer, saber o que havia perdido nesse tempo todo. E se deu conta que sempre foi o porto seguro de todos, mas que não tinha nenhum porto seguro esperando por ela, se deu conta que estava rodeada por pessoas vazias, perdidas, tristes, que se agarravam a ela como uma âncora e ela estava afundando, no mesmo lugar, a muito tempo e se sentiu sem forças mais uma vez.

Se abraçou ao seu travesseiro, precisava encontrar uma maneira de sair daquilo tudo, já estava na hora de assumir sua própria vida e deixar que os outros assumissem suas vidas também. Queria sorrisos verdadeiros, que saíssem sem esforço, queria deixar a dor e angústia que sentia para trás, queria começar a viver, a ver a vida colorida como aparecia nos contos que lia, um amor que assistia nas comédias românticas com direito a todos os dramas, mas que no final tudo se ajeitasse.

E foi mudando aos poucos, comprou uma bicicleta e começou a ir todas as tardes andar no parque ao lado de sua casa, resolveu fazer uma mini hortinha em casa e ficou surpresa ao ver que levava jeito com a terra, comprou um livro de receitas e se aventurava em fazer um prato novo por semana e viu que com isso não levava tanto jeito assim, mas não desanimou. Chamou um táxi, sentou num Pub e ouviu o cover da sua banda favorita tocar e cantou junto todas as músicas sem se preocupar ao desafinar. Comprou passagens para aquele lugar que sempre quis conhecer e conversou e conheceu pessoas incríveis.

Caminhava apressada para não perder o metrô e acabou esbarrando em alguém deixando o livro que acabara de comprar cair no chão, um livro indicado por uma grande amiga e a tempos queria ler, e ao se abaixar viu que a pessoa abaixou junto para ajudar. E olhou nos olhos dele, daquele cara que sem jeito se desculpava e imediatamente veio a sua mente as comédias românticas que assistira, aquele momento poderia ter sido tirado de uma delas.

_ Desculpa, prazer meu nome é Bruno.

_ Júlia, meu nome é Júlia.

Pegou o livro, sorriu pela primeira vez sem nenhum esforço, sem querer agradar, sorriu porque veio a vontade de sorrir daquilo tudo, se afastou e entrou no vagão correndo, confiando no destino e que dessa vez só entraria na sua vida coisas e pessoas boas. 



quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Vem 2017



Onde estiver, que a chegada de um novo ano lhe traga esperança e amor, muito mais amor. Esperança para nunca desistir dos sonhos e da busca pelo melhor para você e amor para que as quedas pelo caminho não te atinjam com tanta força, seja mais fácil de suportar e que nunca te façam pensar em não sair do chão. Onde estiver, receba um beijo meu e um abraço apertado, daqueles que tira o nosso ar, revigorante, que dá força, que nos dá a certeza que não estamos sozinhos.

Por onde andar, deixe um sorriso, agarre a felicidade, dê bom dia boa tarde boa noite, pergunte se fulana está, veja se o outro vai bem, se precisa de ajuda. Nesse ano que chega, estenda mais a mão, estenda mais o sorriso, estenda mais a fé, estenda mais o olhar no olhar de outro alguém. Por onde andar, leve gentileza num toque seu, leve música para ensinar aqueles que não conseguem dançar a alegria da vida, em enxergar a sua enorme beleza.

O que decidir, que se mantenha firme e que traga bons frutos. Que possa influenciar de uma maneira boa as pessoas ao redor, que venha somar e somar. O que decidir, que venha abençoado por todos os lados e que mal nenhum seja capaz de atrapalhar todo o caminho da luta e o encanto da conquista, o brilho de poder alcançar qualquer objetivo planejado para esse novo ano. 

Quando cansar, que você possa ter um lugar para descansar, um colo para se recuperar, um cafuné para clarear seus pensamentos, um ombro para chorar e uma mão para te empurrar para frente. Quando cansar, que possa se lembrar de tudo aquilo pelo que desistiu, abriu mão para estar ali, por todos os caminhos que passou, por todas as pequenas batalhas que já venceu e que ainda faltam vencer, mas acima de tudo do quanto vai valer a pena continuar.

Sempre que puder diga "Eu te amo", sempre que sentir diga "Eu gosto de você", sempre que alguém precisar fale "Eu estou aqui", sempre que desejar olhe nos olhos, sempre que o coração acelerar beije. Sempre que puder deixe o outro saber o quanto é especial, fale, grite para todo mundo ouvir, para ele ouvir, se teve uma coisa que 2016 nos ensinou é que a vida é muito frágil, que quando achamos que estamos, já não estamos mais. Então não se segure, não deixe o momento passar, não se importe com que os outros irão pensar, não guarde sentimentos, distribua-os, mesmo sem saber se vai tê-los de volta, porque daqui um minuto ou três horas ou amanhã ou daqui uma semana pode ser tarde demais.

Que 2017 seja um ano de conquistas e grandes mudanças, de sorriso fácil de brilho no olhar. Que seja Feliz o seu e o meu 2017.

Amém.  


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Eu torço e rezo por você!


Algumas pessoas já passaram por tanta coisa na vida, trazem uma bagagem tão grande e pesada e eu torço, torço do fundo do meu coração que elas consigam alcançar a felicidade plena, que elas consigam o que sempre sonharam, o que faz brotar aquele sorriso largo no rosto, torço muito e em todas as preces que eu faço, elas estão lá.

E não tô falando apenas de Amor, conheço muitas que a muito tempo lutam para conhecer o grande Amor da vida delas, conheço uma em especial, que torço todos os dias para que ela encontre alguém para amar, alguém que a ame na mesma intensidade, porque ela já passou por poucas e boas no quesito relacionamentos, e merece mesmo ser muito feliz. Eu torço aqui todos os dias, de um jeito especial por ela, e por todas as pessoas que de alguma forma não desistiram de achar sua cara metade, mesmo com tanta porrada e quedas livres, é de se admirar, e o minimo que posso fazer é torcer mesmo.

Mas como disse, não é só uma torcida pelo Amor, mas pela vida, é tanta gente se esforçando por uma vida melhor, que com garra e esforço, tenta, luta. E algumas pessoinhas que apenas lutam para viver mais um dia, e dói, dói aqui no fundo olhar para uma pessoa tão especial e saber que a luta não vai muito longe, e eu torço também por essas pessoas que não haja sofrimento, não mais que o necessário como costumamos dizer. Porque a vida gosta de pregar algumas peças na gente e nem sempre são boas, ás vezes, são notícias que não gostaríamos de ouvir, mas ouvimos e só o que podemos fazer é torcer para que tudo dê certo ou apenas viver e aproveitar cada momento que nos resta com ele, com ela.

Eu torço e rezo para que a vida seja doce e agradável para essas pessoas, para nós. Que o novo ano que bate a nossa porta traga surpresas boas, que renove nossa esperança e que nunca percamos a vontade de lutar por tudo aquilo que sonhamos um dia conquistar. Que a vida nos traga mais sorrisos e talvez choro, mas um choro com sabor de conquista, de que valeu a pena ir até o fim. Torço para que a tristeza que aflige seja acalentada pela nova vida que surge, que uma brisa toque tão bondosamente em seu rosto que você possa sentir e ter certeza que ficará tudo bem.

A carta que escreveria para o Papai Noel esse ano, não seria para mostrar o quanto fui uma menina boa e por todos os presentes que acho que deveria ganhar. Mas se eu pudesse pedir algo seria Vida, mais vida para algumas pessoas e eu tenho certeza que ele me entenderia. Mas Vida é algo que não podemos pedir, só podemos Viver, todos os dias e esperar que no dia seguinte possamos agradecer por mais um dia. E você?. O que pediria na sua cartinha?.

Saiba que eu torço e rezo por você, todos os dias!


    

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Quando Ele chegar ....


Eu espero que Ele seja corajoso, que ao te ver enxergue toda a beleza existente nesse sorriso compreensivo, que veja no seu olhar todas as batalhas pela qual passou, que ele não se importe com seu ar de cansada, com algumas ruguinhas cercando seu rosto. Que ele crie coragem e vá lá conversar, te tirar para uma dança, te pagar uma cerveja, te fazer sorrir com uma piada idiota lembrada em cima da hora.

Eu espero que Ele seja gentil, que abra a porta do carro para você entrar, que te dê um beijo que te tire o ar e te mostre que ele veio para somar. Que ele te mostre lugares incríveis para um piquenique, que saiba quando você precisa sair para dançar ou só apenas ficar jogada no sofá. Que te faça surpresas como uma viagem não programada ou de repente resolva que vai cozinhar para você conseguir terminar aquele trabalho chato.

Eu espero que Ele seja compreensível, que não se importe com as músicas tristes, com os filmes de mulherzinha que te fazem chorar, com a calça do seu pijama surrado e que com um sorriso te mostre todas as guloseimas que ele trouxe dentro de um saco para te animar ou apenas para te confortar. Que ele entenda que ás vezes você precisa de um momento a sós para organizar os pensamentos.

Eu espero que Ele te respeite, que entenda que um não é não e não um talvez sim, que ele pare de insistir. Espero que ele saiba que existe milhões de mulheres bonitas por aí, mas que ele pegue somente a sua mão, que os abraços apertados sejam somente sentidos pelo seu corpo, que ele queira somente você sob os lençóis macios da cama dele. Que cumpra todas as promessas feitas ou que não as faça, apenas te surpreenda a cada novo dia.

Eu espero que Ele seja companheiro, que mesmo não gostando das suas aventuras malucas não pense duas vezes em te acompanhar só pelo simples fato de estar com você, que apesar de não acreditar fechar os olhos quando você rezar baixinho para agradecer por mais um dia. Que quando você cair ele esteja lá para te levantar ou sentar ao seu lado e apenas oferecer o ombro para você chorar.

Quando Ele chegar, que dure muito mais que alguns poucos dias, que ele veja o quanto se sente feliz só em te olhar. Que os medos dele não sejam maiores que o desejo de ficar, que suas cicatrizes não o impeçam de tentar, que ele se sinta confortável com o seu mais doce toque. Que ele veja coragem nas suas loucuras, gentileza no seu olhar, compreensão nas suas palavras, respeito em cada ação sua, companheirismo tendo a certeza que nunca estará sozinho.

Quando Ele chegar que tenha reciprocidade, sorrisos e a vontade louca de ficar ...       


quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Mulheres bem resolvidas


_ Eu quero uma Mulher bem resolvida, é isso que estou procurando.
_ Eu sou uma Mulher super bem resolvida.
_ Fico feliz em ouvir isso. Na sua casa ou na minha?.
_ Eu vou para minha casa e você vai para a sua!.
_ Como assim?!. Achei que você tinha falado que era uma Mulher bem resolvida.
_ E eu sou.

Ele me olhou incrédulo, decepcionado, entrou furioso no carro e foi embora, batendo a porta, sem olhar para trás. E então, eu me dei conta, que a noite que parecia ter sido super bacana, regada a sorrisos, gentilezas e um super filme, tinha chegado ao seu fim, ali, naquele momento. E eu nunca mais tive notícias do moço que achava que ser uma mulher bem resolvida é ser uma Mulher que nunca diz não.

Não é triste desiludir as pessoas?!. O erro de alguns homens e também de algumas mulheres é achar que uma Mulher bem resolvida é aquela que está disposta a tudo, que diz sim a tudo, que aceita tudo. Bom, na minha visão, uma Mulher bem resolvida é aquela que sabe o que quer e que não vai se arrepender do seu posicionamento, mesmo que o cara bata a porta do carro e vá embora sem olhar para trás. É ser uma mulher decidida, mesmo que a sua decisão não agrade a todos.

Engraçado como 90% dos homens com quem eu saio ou converso associa a palavra "Mulher resolvida" a Mulher que não se preocupa em transar na primeira noite ou depois de alguns poucos encontros e eu ainda não entendi o porque de ligar uma coisa a outra. E não to falando que é errado ou que ela não deva fazer isso. Estou falando que ser bem resolvida é decidir que vai transar com o cara sim no primeiro encontro e assumir todos os "riscos" disso ou decidir que não é o que você quer e voltar para casa.

_ Mas se eu não fizer outra vai lá e faz!.

Bom, se você faz alguma coisa na sua vida porque outra pessoa pode ir lá e fazer e você pode "perder" uma possível oportunidade, o que eu posso dizer é que você é alguém influenciável e que pensa mais nos outros do que em você, e isso moça, não é ser bem resolvida. E se tem uma coisa que eu aprendi é que você fazendo ou deixando de fazer algo para alguém ou com alguém não te dá certeza alguma de que essa pessoa vai te querer. Então, se vai fazer algo, que seja porque você realmente quer e que o resultado que vier não vai te afetar de uma maneira negativa.    

Mulheres bem resolvidas não se importam com o que os outros vão pensar, mas tem a completa consciência de que toda ação traz consigo uma reação, que toda decisão tem consequências e que essas consequências, seja elas boas ou não tão boas assim não vão atingi-lá. Se você está bem com você mesmo, se você sabe exatamente o que você quer e aonde quer chegar, se joga moça, mas para ser sempre feliz, nada menos que isso. 



quarta-feira, 28 de setembro de 2016

É que eu acredito no Amor ...


E quem nunca ouviu de um parente, um amigo, um conhecido "Júlia mas você é tão bonita, inteligente, independente, esforçada, como pode estar só? Eu não consigo entender...". Eu consigo entender, é porque eu não consigo desistir do Amor. Do Amor de verdade, aquele para a vida inteira, não consigo desistir e me contentar com o falso Amor, aquele Amor que a gente finge que sente para não ficar sozinho, para agradar as pessoas em volta, para satisfazer e suprir as perguntas alheias, é que eu acredito mesmo no Amor.

"E o encontro de ontem a noite? não deu certo? de novo?!". Não, não deu certo, de novo. E aí vem o sermão de sempre... "Você tá muito exigente, desse jeito vai ficar solteira para sempre!". Talvez, talvez eu fique mesmo solteira o resto da vida, mas quando procuro um Amor não posso deixar de ser exigente, não posso deixar de querer sentir borboletas no estômago quando penso no outro, não posso deixar de querer ter um papo descontraído, de querer olhos nos olhos, de querer sorrir das coisas idiotas que ele fala, de sentir que é Ele que eu quero apresentar para os meus pais, para a minha família, de querer dançar agarradinho mesmo pisando no seu pé, de querer dormir agarradinho, de sorrir sozinha ao pensar no sorriso dele, de querer ser feliz ao lado dele.

O encontro da noite passada não deu certo, de novo, não por culpa exclusiva do outro, eu também não consigo agradar a todos, são muitas pessoas perdidas tentando se encontrar, são muitas pessoas que se encontraram tentando Amar e, ás vezes, ninguém tem culpa, apenas não encaixou legal. Algumas pessoas se apegam a padrões, ou a cor dos olhos, ou a farda, ou ao tipo de trabalho, de crença, da cor do cabelo, do comprimento, de quanto o outro tem no banco, ao sexo, se escreve certo, se sonha alto. Eu procuro alguém que ande de mãos dadas comigo no parque de manhã, que se aventure comigo na cozinha no almoço e que deixe a preguiça tomar conta no sofá num sábado a noite.

É o que eu exijo, é o meu ser exigente com alguém, é esperar respeito por que é algo importante de se entregar num relacionamento. É querer sonhar os mesmos sonhos, mesmo que esse sonho seja diferente do que o que você sonhou a vida inteira, é poder pular porque o outro falou que você não vai se machucar, que lá no final tudo vai valer a pena, é acreditar. Acreditar que nas turbulências você terá um abrigo nos braços dele, nos seus abraços, e que o conforto vai chegar no aperto que te tira o ar.

É que eu acredito no Amor, na cara amassada e cativante ao acordar, nas lágrimas que um vestido branco consegue arrancar, na casinha bagunçada que se acha de tudo principalmente aconchego, nas tentativas frustrantes de ensinar o filhotinho recém chegado aonde fazer xixi, a dor de um dedo cortado, a panela queimada reafirmando a falta de habilidade em cozinhar, no perfume gostoso na camisa dele, no cano estourado ao parafusar o local errado, no êxtase em vê-la se maquiar e colocar aquele vestido que te deixa maluco, na surpresa quando aparecem os dois pauzinhos num teste feito no seu banheiro, o medo da primeira noite no hospital, a emoção de uma adoção.

Talvez eu esteja sendo muito exigente sim, mas quando a gente passa por tantas ciladas que a vida teima em colocar no caminho, quando a gente começa a entender o que nós queremos, quando se quer um Amor para a vida inteira, ser exigente e não se contentar com o "falso amor" é para os corajosos. Talvez eu fique solteira para a vida inteira ou talvez eu esbarre no meu Amor verdadeiro, quem sabe?. Mas eu to vivendo, to me permitindo, não deixo de tentar, não deixo de buscar e disso não tenho nenhum arrependimento, porque aqui dentro o que não falta é Amor para dar.